quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja - 19 a 21 de Outubro

dnbci17 banner

 dnbci17 aveiro oia

ORAÇÃO MARIANA
AVEIRO, Oiã, Igreja Matriz
19 de Outubro 2017, 15h30
Porque é outubro e porque vivemos o encerramento do centenário das aparições, em Fátima, queremos rezar o terço com os nossos mais velhos. Convidadas as 3 IPSS – ERPIS da freguesia de Oiã, cria-se assim uma oportunidade para muitos deles retornarem e reverem a igreja matriz, onde foram batizados, comungaram pela primeira vez e casaram.



 dbci17 aveiro arte retabular estarreja

OS RETÁBULOS DO ARCIPRESTADO DE ESTARREJA
AVEIRO, Estarreja, Igreja Matriz
19 de Outubro 2017, 20h30
Apresentação do trabalho de investigação coordenado pelos Dr.s. António Cruz Leandro e Maria Clara de Paiva Vide Marques, do qual surgiu a publicação do livro Fé e Esplendor! A Arte Retabular das Igrejas Paroquiais de Estarreja editado pela Câmara Municipal de Estarreja Retábulos das Igrejas Paroquiais de Estarreja, um contributo para o conhecimento e divulgação do património artístico do Município de Estarreja, nomeadamente na arte da talha, vertente artística que ocupa lugar cimeiro no adorno das nossas igrejas e que mais originalidade alcançou em Portugal entre os séculos XVI e XIX, tornando-se uma linguagem artística relevante do sentir português.


 dnbci17 coimbra
semmaior

VISITA GUIADA AO SEMINÁRIO MAIOR DE COIMBRA
COIMBRA, Seminário Maior de Coimbra
19 de Outubro 2017, 18h00
 Máximo 20 pessoas, mediante inscrição prévia através do número 239 792 344.



 dnbci17
coimbra semmaior orgao

CONCERTO DE ÓRGÃO NA IGREJA DO SEMINÁRIO MAIOR DE COIMBRA
COIMBRA, Seminário Maior de Coimbra
19 de Outubro 2017, 19h00
Concerto pelo organista Francisco Gomes. Entrada gratuita.



 dbci17 coimbra
concerto

CONCERTO PELO CORO DE SANTA ISABEL
COIMBRA, Igreja da Rainha Santa Isabel
19 de Outubro 2017, 21h30
Entrada gratuita.


 dbci17 evora ad2

VISITA GUIADA: LIVROS DE MÚSICA LITÚRGICA E DOCUMENTAÇÃO RELATIVA À CONSTRUÇÃO DE IGREJAS E CAPELAS
ÉVORA, Arquivo Distrital
19 de Outubro 2017
O Arquivo Distrital de Évora associa-se ao Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja através da realização de um Dia Aberto, onde se incluem visitas guiadas à exposição "O Culto Mariano na Diocese de Évora".
Estará também patente uma Mostra Documental sobre arte religiosa (composta essencialmente com contratos de construção de altares) e terão lugar visitas guiadas a várias áreas funcionais do ADE (serviço de referência e leitura, tratamento documental, unidade de transferência de suporte e depósitos) com uma duração aproximada de uma hora. A inscrição é gratuita, mas obrigatória, e o n.º de inscrições aceites é limitado. Inscrição até 18 de outubro por email.



 dbci17 evora
sfrancisco

CONFERÊNCIA "O MILAGRE EUCARÍSTICO DE SANTA CLARA"
ÉVORA, Igreja de São Francisco
19 de Outubro 2017, 15h00
Conferência a cargo das conservadoras restauradoras Fátima Teixeira e Andréa Teixeira. A pintura que dá o título à conferência, após restauro, encontra-se agora no transepto da Igreja de São Francisco de Évora.



 dnbci17
aveiro branca retabulo

O CAMINHO DO INVENTÁRIO E OS SEUS FRUTOS
AVEIRO, Branca, Igreja Matriz
20 de Outubro 2017, 21h00
A Paróquia da Branca investiu no valoroso trabalho de inventariação dos seus bens artísticos e espólio documental de braço dado com um projeto de conservação e restauro coordenado pela empresa N-restauros, com apresentação de resultados pela equipa de inventário e equipa de conservação e restauro. Por Hugo Cálão e NRestauros. 



 dbci17 aveiro svicente e simbologias

SÃO VICENTE, MÁRTIR, E SUAS SIMBOLOGIAS
AVEIRO, Branca, Igreja Matriz
20 de Outubro 2017, 21h00
O campo simbólico é uma rede, um código, pelo qual um símbolo se relaciona e é bem compreendido e interpretado. São Vicente não é exceção. Vamos compreender São Vicente no seu campo simbólico expresso na arte cristã, e a sua particularidade na iconografia portuguesa, padroeiro da Diocese do Algarve e da cidade de Lisboa, e suas representações na Paróquia de São Vicente da Branca. Por Hugo Cálão. 



 dnbci17 coimbra
relicarios

APRESENTAÇÃO DA OBRA RETÁBULOS RELICÁRIOS
COIMBRA, Mosteiro de Santa Clara-a-Nova (galerias superiores)
20 de Outubro 2017, 17h00
Lançamento do 13º volume da colecção Promotoria Monográfica - História de Arte, com o título Retábulos Relicários, da autoria de Francisco Lameira, Carlos Evaristo e José João Loureiro. Apresentação da obra a cargo de Francisco Pato de Macedo. Entrada gratuita.



 dnbci17 ucp 2

PINTURAS COMO 'PREGAÇÃO MUDA' DA EUCARISTIA: NAS IGREJAS DE LISBOA DOS SÉCULOS XVII E XVIII
LISBOA, Universidade Católica Portuguesa
20 de Outubro 2017, 18h00
No âmbito da Reforma Católica, as necessidades de incremento do culto eucarístico e o reconhecimento da eficácia das imagens na sua promoção tiveram como efeito uma verdadeira explosão de expressões do mistério eucarístico nas artes, enchendo os templos e dando corpo a um discurso visual novo, simultaneamente catequético e de apologia devocional.
Através da análise do conjunto de pinturas ainda hoje existentes nas igrejas da diocese de Lisboa, esta palestra pretende discutir o modo como as pinturas dos séculos XVII e XVIII veicularam o ideário eucarístico da Reforma Católica. Conferência por Paulo de Campos Pinto.



 dnbci17 aveiro oia2

CAÇA AO TESOURO
AVEIRO, Oiã, Igreja Matriz
21 de Outubro 2017, 15h00-17h00
Jogo destinadao a infância, adolescência e juventude. Os grupos participantes terão entre 5 a 7 elementos e o tempo da "caça", com a subida à torre da igreja, será de aproximadamente 30m. Em simultâneo, a jogarem, tentaremos ter grupos da catequese da infância, da adolescência e jovens, (serão atribuídos prémios aos que acertarem no maior número de respostas).



 dnbci17 aveiro soza

O PROJETO E OS ROSTOS DA INVENTARIAÇÃO DO PATRIMÓNIO ARTÍSTICO-RELIGIOSO DA PARÓQUIA DE SOZA
AVEIRO, Soza, Igreja Matriz
21 de Outubro 2017, 20h30
Com este evento, iniciar-se-á o trabalho de inventariação nesta Paróquia, apresentando a esta Paróquia quer o grupo de trabalho quer os passos e metodologia a seguir.



 dnbci17 aveiro cartaz

SARAU MUSICAL
AVEIRO, Oiã, Igreja Matriz
21 de Outubro 2017, 21h00
Sarau musical, assegurado pela paróquia de Oiã.



 dbci17 coimbra

ABERTURA EXCEPCIONAL DO CORO ALTO DO MOSTEIRO DE SANTA CLARA-A-NOVA
COIMBRA, Mosteiro de Santa Clara-a-Nova
21 de Outubro 2017, 10h30
Abertura excepcional do coro-alto, com visita guiada. Entrada: 10€.



 dnbci17 coimbra
sta isabel

RECITAL PELA CAPELA GREGORIANA PSALTERIUM
COIMBRA, Igreja da Rainha Santa Isabel
21 de Outubro 2017, 21h30
Entrada Gratuita.



 dnbci santarem
livroint3

VISITA ACOMPANHADA À EXPOSIÇÃO A BELEZA DA MÃE DE DEUS
SANTARÉM, Museu Diocesano
21 de Outubro 2017, 15h00
Visita conduzida por P. António Pedro Boto de Oliveira, docente de Arqueologia e Arte Cristã e Estética e Teologia na Universidade Católica Portuguesa, e de Arte e Património no Ano Pastoral no Seminário Maior de Cristo-Rei (Olivais).



 dbci2017
santarem livrocapa

GUIA DA EXPOSIÇÃO E CAMPANHA PARA AS INTERVENÇÕES DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO NA DIOCESEA
SANTARÉM, Museu Diocesano
21 de Outubro 2017, 16h00
Apresentação do Guia da Exposição e da Campanha de Angariação de Fundos para as intervenções de Conservação e Restauro a decorrer nas paróquias da Diocese de Santarém.


Conheça aqui todas as actividades
dnbci17 dia 19 a 21

fb 1

© Copyright 2012, Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Todos os direitos reservados
| Contactos


Desolador os números de uma tragédia que só aumentam

Bom dia e Paz e Bem!
As centenas de incêndios que deflagraram no domingo provocaram pelo menos 41 mortos, sete desaparecidos e dezenas de feridos, além de elevados danos materiais.
O cardeal-patriarca de Lisboa foi a última voz que ouvimos sobre a tragédia dos incêndios. D. Manuel Clemente refere que há «sempre» responsabilidades políticas nestas situações.
Horas antes, o bispo de Viseu, D. Ilídio Leandro, publicou a nota «Sejamos dignos da Criação!», enquanto D. Virgílio Antunes, Diocese de Coimbra, pediu aos responsáveis para agilizar ajuda às populações
Esta terça-feira assinalou-se o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza. A Rede Europeia Anti-Pobreza - EAPN Portugal afirma que é necessário “um modelo social baseado numa escala de valores de carácter humanista” e hoje promove um fórum em Lisboa.
Já a Cáritas Portuguesa perguntou: «Que temos feito para a erradicação da pobreza?»
No campo das boas notícias a reitora da Universidade Católica Portuguesa anunciou a criação de um fundo ‘Papa Francisco’ para ajudar alunos carenciados e refugiados
Desejamos-lhe um excelente dia, de preferência na nossa companhia. Estamos num dos seus endereços favoritos - www.agencia.ecclesia.pt - e na RTP2, no programa ECCLESIA, pelas 15h00, e à noite na Antena 1, pelas 22h45 .
Saudações de paz e bem!!
Carlos Borges

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Un millón de niños rezará el Rosario por la paz este miércoles:¿participa tu colegio o parroquia?

16 octubre 2017


La iniciativa se llevará a cabo este miércoles 18 de octubre
Siguiendo el llamamiento de la Virgen a los tres pastorcitos en Fátima y en un dicho del Padre Pío, la Fundación Ayuda a la Iglesia Necesitada ha promocionado la iniciativa “Un millón de niños rezan el Rosario”.


Tal y como informa Cari Filii News, en decenas de países de todo el mundo se reunirán el miércoles 18 de octubre, a las 9.00 hora local (o en otro momento, si esto no es posible) niños de todas las edades para rezar por la unidad y la paz en el mundo. En muchas regiones del mundo se interrumpirán incluso las clases durante media hora. Este año, la acción de plegaria estará dedicada a los niños en Siria, víctimas inocentes de una guerra sin fin.


La acción de niños rezando el rosario surgió en 2005, en Venezuela. Los iniciadores confían en un dicho de Padre Pío: “Si un millón de niños rezan el rosario, cambiará el mundo”. Así es cómo la iniciativa tomó su nombre. Desde entonces ha despertado un gran eco mundial; el pasado año participaron en la acción de plegaria niños de 69 países.

“Especialmente en 2017, el centenario de las apariciones de la Reina del Rosario de Fátima, nada mejor podemos hacer por la paz del mundo que tomarnos de nuevo en serio el mensaje del cielo. ¿No es significativo que Dios, en Fátima, haya elegido a niños para revelar el más importante plan de paz para la edad contemporánea? Los niños entendieron el lenguaje de la Virgen, y sobre todo creyeron en sus palabras. ¿No tendríamos que esforzarnos, por eso, mucho más en enseñar a los niños y en ayudarles a que colaboren en ese plan de paz, que hoy es más actual que nunca?”. Así escribe, en la invitación a participar en esta acción de plegaria el cardenal Mauro Piacenza.


Por ello, esta fundación pontificia convoca y anima a colegios, parroquias y familias a unirse a este rezo el próximo 18 de octubre y recuerda que 13 de julio de 1917 la Virgen en Fátima pidió a los tres pastorcitos que siguieran rezando el Rosario “para alcanzar la paz en el mundo y el fin de la guerra”.

“Retomemos este mensaje cien años después y mostremos a nuestros niños que solo a través de la oración, de la mano de María, podemos construir un mundo en el que la justicia y la convivencia sean posibles”, pide Ayuda a la Iglesia Necesitada.


in



Era protestante: leer los Padres de la Iglesia y la figura de María como madre la hicieron católica

Christel tiene 28 años, y es católica desde 2016

Christel explica su camino de investigación hacia la Iglesia Católica en el programa Cambio de Agujas de HM Televisión
17 octubre 2017


Christel, de Singapur, de 28 años, bautizada presbiteriana, nació en una familia protestante "muy estricta" y ha explicado su conversión al catolicismo en el programa de testimonios Cambio de Agujas, de HM Televisión. 


Christel iba con sus padres y sus 3 hermanas a la iglesia cada domingo. Sus padres les explicaban las Escrituras. Su madre, además, les insistía diciendo que la persona se forma en la juventud. Nadie en la familia tenía contacto con católicos. 

La familia acudió a tres iglesias distintas: una iglesia presbiteriana de aspecto similar a la católica, luego una gran iglesia con "pantallas grandes y butacas cómodas, como de cine", y más adelante a una iglesia pequeña, "básicamente una habitación con sillas donde la gente se sentaba y un predicador hablaba".

Ella sentía ya entonces que "faltaba algo". Hoy cree que tiene que ver con la falta de autoridad. Había relación con la Palabra de Dios... pero también conflicto cuando las interpretaciones se contradecían


Estudiar teología y los Padres de la Iglesia
Eso le llevó a estudiar teología, Nuevo Testamento, griego... y descubrió que los católicos tienen 7 libros que no eran "añadidos" como le habían dicho de niña. "Quedé impresionada cuando leí el libro de la Sabiduría" (que los protestantes no usan).  

Después descubrió a los Padres de la Iglesia, los grandes autores cristianos de la Iglesia antigua, de los primeros siglos, y cómo hablaban de María como la Nueva Eva, o su interpretación de las Parábolas, distintas a las de los protestantes. 

Las enseñanzas de los Padres de la Iglesia le parecían excelentes: le gustaban sobre todo las enseñanzas sobre el Otro Mundo que encontraba en los textos de San Clemente, el cuarto Papa, en las que Clemente habla de lo que recibió de San Pedro. 

Desapego a lo mundano, en "este Valle de Lágrimas"
Las enseñanzas de desapego hacia lo material, o el valor de ofrecer los sufrimientos, de sufrir unos por otros, todo lo que prepara para el Otro Mundo, le parecían muy hermosas. Regaló una cara cafetera que había comprado cuando empezó a tomarse en serio la fe. 

Una vez conoció la oración del Salve Regina, con una frase que resonó en su interior: "A ti llamamos los desterrados hijos de Eva, gimiendo y llorando en este Valle de Lágrimas". Ella varias veces había llorado sin razón aparente, sintiéndose "desamparada", como sin hogar ni familia, pese a tenerlo. Pero ahora entendía el origen profundo de esa insatisfacción con el mundo

"Mi alma sabía, aunque yo no, que yo era una hija de Eva: por fin todo tenía sentido. Esas lágrimas suben a la Virgen María". Christel siempre había intuido que "este mundo" no es nuestro verdadero hogar. Ella entiende hoy que alabando a Dios, sirviendo a Dios como los ángeles, participaba en la liturgia terrena que enlaza con la celestial.

Christel cuando recitó su profesión de fe
Superar prejuicios, reconocer señales
Había prejuicios que tenía que superar. A los 11 años en la clase de Sociales, en el colegio, le explicaron que los católicos y protestantes habían tenido guerras entre ellos. Y había cosas de los católicos que le daban miedo. Por ejemplo, que los católicos "guardaban los cuerpos de los Papas como reliquias, tesoros". "Los protestantes no teníamos objetos sagrados, ni sacramentales",  señala. También pensaba que las cosas católicas eran "viejas". Visitando el Vaticano, incómoda, preguntaba "¿esto es un templo o es una tumba?" 

Por otra parte, había señales que parecían indicar que había algo en el catolicismo que la llamaba. Un ejemplo, cree, fue una curiosa experiencia siendo universitaria, en otro país. Intentaba alcanzar unos preservativos en una farmacia, "para otra persona". Las cosas cayeron al suelo, se sentía muy torpe, como si su mano no quisiera cogerlos, como si se negaba. "Yo no soy católica, ¿por qué no puedo comprarlos?", pensaba. 

en otra ocasión, orando en casa, su mano hacía la señal de la Cruz al estilo católico, como si tuviera voluntad propia. Ese tipo de cosas luego las entendió como señales. 

María, la anticoncepción, el Purgatorio...
Una vez su hermana la llevó a una charla y el predicador dijo: "María se nos ha dado como madre". Eso la puso a pensar. "Yo quería la mejor madre, y María era un prototipo de Madre, de maternidad, que los protestantes desconocían".

Otro tema que le acabó convenciendo fue la postura católica, de la encíclica Humanae Vitae, sobre los anticonceptivos: al evitar una entrega completa, una aceptación de la fertilidad de la sexualidad, dificulta la generosidad en el matrimonio. "Yo vi que eso es verdad", explica. 

El Purgatorio también le parecía una enseñanza razonable: un proceso que purifica y permite entrar al Cielo, "donde no querrías entrar sucio".

La Eucaristía: sólo en la Fe católica
Y la Eucaristía, un Dios que se entrega, que se da, "como agua brotando de su costado", era para ella un signo de la generosidad de Dios y de la verdadera realidad de Dios en la Iglesia. "En la Iglesia Católica veía escándalos, malos sacerdotes... pero allí está la Presencia Real de Cristo, con la Eucaristía, ¿dónde podía ir?"

También valora hoy que "cuando te sientes triste, puedes ir al Santísimo y adorar al Señor; eso los protestantes no lo pueden hacer". "La Misa se absorbe y eleva tu corazón a Dios, y el tiempo se pierde en la eternidad", insiste. "En la misa no hay duda de que se elevan tus oraciones hacia Dios".

Leyendo teología desde 2014, el 2016 aceptó que la Iglesia Católica era la que Cristo fundó y la que mantenía sus enseñanzas y entró en la Iglesia recibiendo la Confirmación. 

Christel, después de ser recibida como católica; muchas comunidades católicas de origen chino y coreano mantienen el uso del velo en la iglesia
Primera confesión y comunión
Se preparó para su primera confesión la noche anterior, con una guía sobre el examen de conciencia. "Estaba contenta porque era lo correcto, pero a la vez era algo sobrecogedor", recuerda. "Pensé que no estaba allí para esconder nada sino para confesarme. Tras esa confesión, que era una gracia, fue muy bien, me confesé otras veces. Y los ritos estaban llenos de sentido. Recité la profesión de fe, larga, de rodillas: fue una sensación genial".

Recibió su primera comunión en la lengua, de rodillas, y pensó: "Mi boca no va a ser nunca la misma; ahora está consagrada, ya no puedo decir cualquier cosa". A cualquier protestante que esté buscando "más", le propone: "vete a misa".





in



Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja - 18 de Outubro

dnbci17 banner

dnbci17 porto mmipo igreja
EXPOSIÇÃO "O PORTO E AS IGREJAS"
PORTO, Museu e Igreja da Misericórdia do Porto (MMIPO), Galeria dos Benfeitores
17 de Outubro a 29 de Novembro 2017, 10h00-18h00
Concebida pelo designer João Borges, a exposição "O Porto e as Igrejas" dá a conhecer, através da objetiva do fotógrafo Egídio Santos, os edifícios religiosos da Invicta que, além do seu valor histórico e artístico, constituem importantes marcos da identidade e da memória coletiva da cidade. Desenvolvida pelo pelouro da Educação da Câmara do Porto, em parceria com a diocese, a exposição e o livro "O Porto e as Igrejas" foram coordenados pelo professor Rui Nunes. Nesta exposição também se evoca a memória de um dos seus principais impulsionadores, D. António Francisco dos Santos, recentemente falecido. Do texto que o antigo Bispo do Porto escreveu para o livro "O Porto e as Igrejas", intitulado "A Igreja na Cidade", retiraram-se estes excertos que tão bem caracterizam o espírito desta iniciativa: "O número de igrejas e sua plurifacetada missão dizem-nos quanto a cidade lhes deve na moldura da sua alma, na vida das suas gentes, na génese dos seus valores, na grandeza da sua história, no apelo à transcendência que aí se encontra e no serviço permanente que aí se presta. A sua presença harmoniosa, distribuída pelo todo urbano, revela-nos como algumas vezes as igrejas procederam a cidade, para que à sua volta se constituíssem as comunidades humanas; outras vezes as igrejas vieram ao encontro de novas zonas habitacionais e de diferentes aglomerados de população, para que ninguém faltasse um lugar de culto, uma casa comum e um sinal de presença de Deus no meio do seu povo.". Ingresso: 2,50 €.

 dnbci17 porto
mmipo nasoni
PERCURSO ORIENTADO "O PORTO E AS IGREJAS"
PORTO, Museu e Igreja da Misericórdia do Porto (MMIPO)
17 de Outubro 2017, 15h00
A exposição "O Porto e as Igrejas", que se encontra patente na Galeria dos Benfeitores dos MMIPO – Museu e Igreja da Misericórdia do Porto, e a comemoração do Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja são pretextos mais do que suficientes para descobrir ou redescobrir, no Centro Histórico do Porto, a grandeza e a beleza de alguns edifícios religiosos.
O MMIPO – Museu e Igreja da Misericórdia do Porto vai promover um primeiro percurso em torno deste património arquitetónico que terá o seu início na Igreja de Santa Clara, seguindo depois pela Sé e culminando na Igreja da Misericórdia do Porto com a visita a este espaço e à exposição fotográfica que dá a conhecer, através da objetiva do fotógrafo Egídio Santos, estes e outros edifícios religiosos da cidade.
Preço: 5,00 €; Inscrições por email.


 dnbci17 aveiro oia
VISITA GUIADA À IGREJA MATRIZ DE OIÃ
AVEIRO, Oiã, Igreja Matriz
18 de Outubro 2017, 15h00-18h00
Visita guiada ao altar-mor, esculturas e paramentos da Igreja Matriz de Oiã.


 dnbci17 aveiro
gafencarnacao
FESTA LITÚRGICA DE SÃO LUCAS
AVEIRO, Gafanha da Encarnação, Igreja Matriz
18 de Outubro 2017, 18h00


 dnbci17 aveiro cartaz
A ARTE CRISTÃ FALA!
AVEIRO, Gafanha da Encarnação, Igreja Matriz
18 de Outubro 2017, 20h30



 dbci17 beja expad
ABADE CORREIA DA SERRA: NOTAS BIOGRÁFICAS
BEJA, Arquivo Distrital
18 a 21 de Outubro 2017, 9h30-12h00 e das 14h30-17h00
Mostra documental alusiva à figura de Abade Correia da Serra. Nesta mostra destacam-se alguns documentos paroquiais relativos à sua ascendência familiar e documentos do fundo da Câmara Eclesiástica de Beja relativos à sua preparação para ingressar na vida eclesiástica.


 dbci17 bragana ad
MOSTRA DOCUMENTAL "A ICONOGRAFIA NOS REGISTOS PAROQUIAIS"
BRAGANÇA, Arquivo Distrital de Bragança (Sala de Leitura)
A partir de 18 de Outubro 2017, 9h30-12h30 e das 13h30 às 16h45
O Arquivo Distrital de Bragança detém cerca de 35.391 livros de batismos, casamentos e óbitos, originais e duplicados, sendo o mais antigo, um livro misto da freguesia de Castelo Branco, concelho de Mogadouro e que abrange o período de 1531 a 1575.
Para além da riqueza do conteúdo de informação destes livros, alguns apresentam na capa, na contracapa e à margem de certos registos de batismo, a iconografia alusiva ao tema e associada ao nome e ao signo astrológico da criança.
No âmbito do Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja, com o tema "Significados da Arte Cristã", o Arquivo Distrital de Bragança e a Associação Amigos do Arquivo em colaboração com a Diocese de Bragança-Miranda e a Confraria do Senhor Jesus de Cabeça Boa associam-se à comemoração deste evento, com a inauguração "A Iconografia nos Registos Paroquiais" - mostra documental e objetos associados aos sacramentos.
Este acontecimento tem como objetivo dar a conhecer o património documental e religioso, tendo como pressuposto, valorizar, salvaguardar, divulgar, incentivar toda a comunidade, num elo de partilha, fundamental para a coesão da memória coletiva, onde a dimensão do belo desperta em cada um de nós.

 dbci17 braganca conf
CONFERÊNCIA "ICONOGRAFIA NOS REGISTOS PAROQUIAIS"A
BRAGANÇA, Arquivo Distrital de Bragança
18 de Outubro 2017, 17h00
Conferência por Lília Pereira da Silva, diretora do Centro de Conservação e Restauro da Diocese de Bragança-Miranda, no âmbito da mostra documental "A Iconografia nos Registos Paroquiais".


 dnbci17 coimbra
staclara
VISITA GUIADA AO CORO ALTO E SALA DO CAPÍTULO DO MOSTEIRO DE SANTA CLARA-A-NOVA
COIMBRA, Mosteiro de Santa Clara-a-Nova
18 de Outubro 2017, 15h00
Destinada apenas a sacerdotes, diáconos e religiosas. Entrada gratuita.


 dnbci17 coimbra
sta isabel
O CADEIRAL DO MOSTEIRO DE SANTA CLARA DE COIMBRA: MATERIALIZAÇÃO ARTÍSTICA E COMPOSIÇÃO HAGIOGRÁFICA
COIMBRA, Mosteiro de Santa Clara-a-Nova (Salão da Hospedaria)
18 de Outubro 2017, 18h00
Conferência por Milton Pedro Dias Pacheco. Entrada gratuita.


 dnbci17 coimbra
stacruz
AZULEJOS E CADEIRAL DA IGREJA DE SANTA CRUZ DE COIMBRA
COIMBRA, Igreja de Santa Cruz de Coimbra
18 de Outubro 2017, 18h00
Visita guiada por Fernando Taveira. Entrada gratuita.


 dbci17 coimbra mnmc2
VISITA ORIENTADA "SIGNIFICADOS DA ARTE CRISTÃ: S. LUCAS, EVANGELISTA DE MARIA"
COIMBRA, Museu Nacional de Machado de Castro
18 de Outubro 2017, 18h00
Visita orientada, a cargo de Raúl Moura Mendes.


 dbci17 evora arqd
VISITA GUIADA: LIVROS DE MÚSICA LITÚRGICA E DOCUMENTAÇÃO RELATIVA À CONSTRUÇÃO DE IGREJAS E CAPELAS
ÉVORA, Arquivo Distrital
18 de Outubro 2017, 16h00
Visita guiada mostrando livros de música litúrgica e documentação relativa à construção de igrejas e capelas.
A inscrição é gratuita, mas obrigatória, e o n.º de inscrições aceites é limitado.
Inscrição até 17 de outubro, por email.


 dnbci17 evora drca
CONFERÊNCIA "SIGNIFICADOS DA ARTE CRISTÃ"A
ÉVORA, Galeria de Exposições da Casa de Burgos
18 de Outubro 2017, 17h00
Conferência a cargo do Professor Doutor José Alberto Machado.


 dnbci17 fatima
consolata
VISITAS GUIADAS AO MUSEU DA CONSOLATA
FÁTIMA, Consolata Museu: Arte Sacra e Etnologia
18 de Outubro 2017, 15h00 (1ª visita), 16h30 (2ª visita)
Para assinalar o Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja, o CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, em Fátima, irá oferecer aos seus visitantes várias ofertas, surpresas e duas visitas guiadas ao museu e às reservas sem pagamentos extra.
Tutelado pelo Instituto Missionário da Consolata, este museu reúne uma vasta coleção de elevadíssimo interesse artístico e cultural, promovendo o encontro com a beleza, a arte, a história e a cultura.


 dnbci17 fatima exp
cartaz
VISITA GUIADA À EXPOSIÇÃO "AS CORES DO SOL: A LUZ DE FÁTIMA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO"
FÁTIMA, Museu do Santuário de Fátima
18 de Outubro 2017, 16h00
Visita conduzida por Marco Daniel Duarte, comissário da exposição.


 dnbci17 funchal
500 ANOS DA DEDICAÇÃO DA SÉ DO FUNCHAL - EXPOSIÇÃO
FUNCHAL, Museu de Arte Sacra do Funchal (MASF)
A partir de 18 de Outubro 2017
Exposição comemorativa dos 500 anos da dedicação da Sé do Funchal, "Padre Pita Ferreira: Fé, Cultura e património", patente ao público de 18 de Outubro de 2017 a 31 de Março de 2018.


 dnbci17 leiria exp
cartaz
VISITA GUIADA À EXPOSIÇÃO "UM MANTO DE TODAS AS CORES: A VIRGEM MARIA NO TERRITÓRIO DE LEIRIA-FÁTIMA"
LEIRIA, Museu de Leiria
18 de Outubro 2017, 10h00
Visita dirigida ao público infantil, conduzida por Sónia Vazão. Participação Especial: O Ninho - Centro Social Paroquial Paulo VI, Leiria.


 dbci17 lisboaahu
desenholw
EM DESTAQUE: PROJETO DA IGREJA MATRIZ DA PRAIA, SANTIAGO
LISBOA, Arquivo Histórico Ultramarino
18 de Outubro 2017
O AHU associa-se à celebração do Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja, em 18 de Outubro de 2017, destacando este desenho para a construção da Igreja Matriz na cidade da Praia na Ilha de Santiago em Cabo Verde, incluído no projeto da autoria provável do Arquiteto Frederico Augusto Torres, diretor das Obras Públicas de Cabo Verde, sendo Nozolino de Azevedo o desenhador (PT/AHU/OP14205/Des.00009).


 dnbci17 mnaa santa ana e a virgem
A REPRESENTAÇÃO DA VIRGEM MARIA NA COLEÇÃO DO MNAA - VISITA ORIENTADA
LISBOA, Museu Nacional de Arte Antiga
18 de Outubro 2017, 15h30
O Museu Nacional de Arte Antiga associa-se ao Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja com uma visita orientada na exposição permanente, em torno da figura da Virgem Maria. Para público em geral. Sem inscrição prévia. Duração de cerca de 1h30. Participação com o bilhete de entrada.


 dbci17 porto clerigos
VISITAS GUIADAS AO PATRIMÓNIO DOS CLÉRIGOS
PORTO, Igreja dos Clérigos
18 de Outubro 2017, 10h00, 15h00, 17h00
Três visitas gratuitas e guiadas, à igreja, exposições, coleção Christus. A visita à Torre é realizada de forma livre. Grupos até 20 pessoas, nos horários indicados. Inscrição obrigatória por email.



 dnbci17 porto
mmipo nsenhora
DIA NACIONAL DOS BENS CULTURAIS DA IGREJA. INVOCAÇÕES DE NOSSA SENHORA NAS COLEÇÕES DO MMIPO
PORTO, Museu da Misericórdia do Porto (MMIPO)
18 de Outubro 2017, 15h00
Tendo por mote a recente reflexão do Papa Francisco, no ensaio La Mia Ideia di Arte, a temática do Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja deste ano versa os "Significados da Arte Cristã". Atendendo a que 2017 também é um ano mariano, o MMIPO vai promover uma visita orientada em torno das peças mais significativas das suas coleções de pintura e escultura, relativas à representação da Virgem Maria. Gratuita, mediante inscrição obrigatória por email.




Conheça aqui todas as actividades
dnbci17 dia 18

fb 1

© Copyright 2012, Secretariado Nacional para os Bens Culturais da Igreja. Todos os direitos reservados
 | Contactos