domingo, 4 de fevereiro de 2018

Jovem professora deixa tudo para ser religiosa

María Arribas antes de entrar em Iesu Communio. Foto: Alfa y Omega.
MADRI, 04 Fev. 18 / 05:00 am (ACI).- María Arribas é uma jovem de 23 anos que decidiu deixar seu trabalho como professora em um colégio de Madri (Espanha), para entrar e fazer parte da ordem Iesu Communio, no próximo dia 17 de fevereiro.
Segundo explica a própria Arribas no semanário católico ‘Alfa y Omega’, espera que seu testemunho sirva para que “muitas pessoas abram os olhos e percebam que Deus existe e é muito bom”.
María Arribas era professora do colégio de Fomento Aldeafuente, em Madri, e assegura que nunca pensou que seria religiosa, mas, indica: “Experimentei o amor de Deus e isso me encheu de uma forma esmagadora”.
Tudo começou no último mês de agosto. María se sentia especialmente triste e, por isso, decidiu ir à Missa. “Ia habitualmente, mas é verdade que naquele momento vivia minha fé como algo imposto, que tinha recebido graças aos meus pais, mas que nunca a tinha feito minha completamente”, assegura.
Mas essa Missa mudou tudo, porque sentiu que “Deus se colocou diante de mim, como quando o teu filho cai, chora e nota a tua mão em sua cabeça. É como eu. Experimentei que meu Pai vinha e me salvava e, então, me senti consolada e muito amada”.
“Nunca tinha sentido isso, nunca. Deus estava comigo e não me abandonava”, explicou a jovem a ‘Alfa y Omega’.
Esse primeiro encontro foi o começo de uma mudança, mas María seguiu com sua rotina, “sem rezar”. Entretanto, aos poucos começou a perceber que sua fé “não era mais algo imposto, mas algo de que necessitava. Precisava estar perto de Deus porque, se não, me perdia”.
Por isso, colocou a Missa no centro de seu dia e começou a ir diariamente, porque “precisava” e, segundo indica, “agora é a maior coisa que posso ter em meu dia. O próprio Deus que se baixa para estar conosco”.
A jovem tinha conhecido as religiosas de Iesu Communio há alguns anos, quando participou de um retiro espiritual.
“Aquele retiro me deixou marcas”, assegurou María, que apesar disse continuou seguindo sua vida depois. “Mas me ficou aquela experiência no coração”.
No mês de outubro, retomou a relação com as religiosas sem saber muito bem porque “não ia a nada em concreto, apenas ia lá sem nenhum motivo nem explicação. Era Deus que me levava e ali me sentia bem, como em casa”.
Foi então que percebeu que não tinha parado para escutar o que tinha no fundo de seu coração, que era “seguir Jesus”.
Desde esse momento, começou a ter uma vida espiritual mais intensa, rezava todos os dias e também iniciou a direção espiritual com um sacerdote que a incentivou a não se deixar levar pela emoção sem aprofundar o chamado.
O sacerdote lhe recomendou o livro ‘La confianza em Dios’ (A confiança em Deus), no qual descobriu uma frase de Madre Teresa de Calcutá que falava que onde brote o teu coração, ali é o lugar que o Senhor tem para ti.
E, ela sabia que seu coração “tinha brotado em Iesu Communio”.
“Só tinha desejos de segui-Lo. Estava ansiosa para voltar a esta com Ele”, recordou María, a qual um dia decidiu que não podia continuar assim e soube que tinha que tomar uma decisão.
“Não pude seguir com a minha vida atual, com todo este desejo de Deus em meu interior, e não avançar”, assegurou a jovem. Por isso, após uma experiência de dez dias com as religiosas, decidiu entrar na ordem.
A jovem recordou que passou aqueles dias em Iesu Communio “junto com Deus. Sentia-me como em minha casa. Lá, Deus me chamou muito através de uma passagem evangélica a tempestade acalmada. Foi impressionante. Como os discípulos na barca, disse a Deus ‘tenho medo’, mas confio em Ti”.
E dois dias antes de terminar a experiência, pediu para entrar no convento.
Assegurou que espera que seu testemunho sirva como “instrumento para que muitos se abram a Ele” e “muitas pessoas abram os olhos e percebam que Deus existe e é muito bom”.
Iesu Communio
Iesu Communio é uma ordem religiosa contemplativa que nasceu em Burgos (Espanha), no ano 2010, pela religiosa Clarissa Ir. Verónica. Centra-se na evangelização dos jovens e na vida contemplativa.
Tem sua origem na comunidade das religiosas clarissas de Lerma, à qual pertencia Ir. Verónica. Posteriormente, a religiosa fundou uma comunidade com um carisma diferenciado do das clarissas.
As religiosas de Iesu Communio se dedicam especialmente à oração através da Adoração ao Santíssimo Sacramento e à evangelização dos jovens por meio de encontros.
Seu hábito é feito de jeans com um cordão branco ao redor da cintura.

Confira também:


in



Sem comentários:

Enviar um comentário