terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Novo atentado terrorista…


É inegável, sexo e Igreja são uma atração fatal para a comunicação social. Desde que lhes cheire a estes ingredientes nem pensam, atiram-se de cabeça e escrevem as maiores barbaridades, mesmo sobre o que não sabem, nem querem saber, o que lhes interessa é agitar, deformar e denegrir, convencidos de que têm a capacidade de formar opiniões nos ouvintes, leitores, etc…

É triste, é lamentável e reflecte bem o estado de miserabilidade em que se encontram os nossos órgãos de (des) informação.

Bom, considerando que as palavras ficam com quem as diz ou escreve e que tergiversar notícias não é honroso -ou pelo menos não era – para quem o faz, eu limito-me a lamentar este mau estado a que chegámos e a acreditar que o Senhor Cardeal Patriarca de Lisboa estará a rezar pelos seus difamadores e afins, naquela sua atitude de homem de Deus que está para além destas coisas mesquinhas em que o querem enredar e, por tabela, à sua querida Santa Madre Igreja.

Artur Pereira dos Santos



Sem comentários:

Enviar um comentário